Top Therm's Blog

01/09/2010

Manteiga ou Margarina?

Filed under: SAÚDE — by Top Therm @ 9:23 am

 

Manteiga

Origem animal

É um dos derivados do leite, feito com nata batida. Há dois tipos de gorduras alimentares: as saturadas (sólidas a temperatura ambiente) e as insaturadas (líquidas). “A ingestão recomendada de gordura na dieta é de, no mínimo, 20% e, no máximo, 30% do total de calorias, sugerindo também uma proporção aproximadamente igual entre os ácidos graxos saturados e insaturados”, explica Nilson Evelazio de Souza, professor titular do departamento de Química da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Mais colesterol

Como é natural, a manteiga não tem gordura hidrogenada nem interesesterificada, portanto é sempre zero trans.

Essa é uma das vantagens do alimento, mais fácil de ser metabolizado. Por outro lado, a quantidade de gordura saturada e, consequentemente, de colesterol, é bem mais alta.

Calorias

“Qualquer gordura tem 9 calorias por grama”, diz a médica nutróloga Marcella Garcez Duarte, representante da Associação Brasileira de Nutrologia no Paraná.

A concentração de lipídios na manteiga é maior do que na margarina, que tem 16% a 35% de água na composição.

A manteiga, portanto, acaba sendo mais calórica.

Mudança de papel

A manteiga já foi vista como prejudicial à saúde por ser fonte de colesterol. “Hoje sabe-se que o seu consumo moderado não é o grande causador da obesidade e das doenças cardíacas. Estudos indicam que os maiores problemas estão no consumo de gorduras trans e na ingestão excessiva de ácidos graxos ômega 6 combinado a pequeno consumo de ácidos graxos ômega 3”, afirma Cinthia Bittencourt Spricigo, engenheira de alimentos professora da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR).

Recomendação

Pessoas que não têm altos níveis de colesterol podem comer manteiga sem preocupação. “Nosso organismo tem enzimas para digerir a gordura saturada. É muito mais fácil metabolizar essa gordura natural do que as modificadas quimicamente”, diz Marcella.

Margarina

Origem vegetal

As margarinas são feitas a partir de óleos vegatais líquidos que passam por um processo químico para se tornarem sólidos e cremosos. O leite ou derivados é um ingrediente obrigatório, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). De acordo com a regulamentação, a porcentagem de gordura deve ficar entre 64% e 82%.

Zero trans

Quase todas as margarinas vendidas têm a marcação de zero trans no rótulo. Isso quer dizer que o alimento tem de zero a 0,3 gramas de gordura trans por porção, de acordo com recomendações da Anvisa. A partir de 2003, quando se passou a exigir que a quantidade de trans viesse descrita nos rótulos, os fabricantes procuraram eliminar o ingrediente da composição dos alimentos. Mesmo assim, algumas margarinas ainda têm. “É uma gordura que nosso corpo não reconhece, é vista pelo sistema digestivo como se fosse um polímero, um plástico. Ela acumula nas artérias e, a longo prazo, é muito mais nociva do que a gordura saturada”, explica a nutróloga Marcella.

Modificada quimicamente

“Todas as margarinas com zero trans tem gordura interesterificada”, alerta Marcella. Foi uma forma de os fabricantes substituirem a trans sem fazer com que os produtos ficassem menos cremosos. Essa gordura é um óleo vegetal modificado quimicamente. Como o processo é recente, não há conclusões sobre qual seria a reação do organismo humano em relação a esse tipo de lipídio.

“Os primeiros resultados não são favoráveis. É provável que ela não seja metabolizada como a trans.”

Porcentagem de lipídios

Quanto mais lipídios uma margarina tem, mais calórica e mais cremosa ela se torna. Eles não fazem mal, desde que não sejam consumidos em excesso. A margarina light tem uma porcentagem menor.

De olho do rótulo

O melhor jeito de escolher margarinas é conferindo o rótulo. “Algumas possuem menos sal, outras contêm vitaminas, maiores teores de ômega 3 e menores teores de gordura saturada, o que pode torná-las mais saudáveis do que outras que não têm essas características”, diz Cinthia.

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: